UM BENFICA COM MÍSTICA

Benfica vs FC PortoO Benfica ontem jogou à Benfica, fez-nos lembrar daquele grande Benfica dos anos 60, 70 e 80, digam o que disseram, jogar com 10 contra 14 e ganhar é de campeão, é um feito de uma equipa galáctica.

Estiveram todos bem, e se tivéssemos jogado 11 contra 14 durante os 90 minutos, teríamos goleado o Futebol Clube do Porto. Mas tenho de destacar, o Enzo, o André Gomes, o Rodrigo, o Jardel, o Garay, o Maxi, o Sálvio e o Gaitan. Pela negativa, o Artur porque continua inseguro e o Siqueira por ser tão anjinho mas com a desculpa de ainda não conhecer bem, o Pedro desdentado Proença.

Benfica vs FC Porto

Neste jogo sentimos a mística. A mística que tem de ser transmitida aos jogadores, para que possam ultrapassar os desafios finais da época e possam conquistar títulos. No próximo domingo contra o Olhanense é para ganhar e festejar, mas temos de controlar o esforço, e reunir as tropas para o jogo complicadissimo com os corruptos do futebol italiano.

Alguns ainda eufóricos por causa do jogo épico que fizemos, começaram a afirmar que este jogo, significa o principio do fim do domínio da camorra do futebol em Portugal. Sinceramente espero que tenham razão, mas para isso suceder, o Benfica tem de impedir que eles cheguem à Final da Taça da Cerveja este ano, e temos de ser bi-campeões ou tri-campeões. Aí sim, acredito que o velho decrépito que já anda a perder a força, a perca de vez, e morra de uma vez por todas para o futebol, repito para o futebol, não gosto da personagem, mas não desejo a morte física do dito cujo.

Benfica vs FC Porto

Uma nota final para o Pedro Proença. O homem acabou por expulsar o seu próprio treinador, porque se enervou com a falta de categoria do mesmo, ao não aproveitar as ofertas que ele fez à sua equipa, na qualidade de ponta de lança do apito. Mas pronto, fez a sua actuação habitual, ao amarelar alguns jogadores de forma cirúrgica com o resultado que se viu com o Siqueira, perdoando o 2º amarelo a alguns colegas de equipa. Mas para meu espanto, assinalou um a grande penalidade contra si próprio e expulsou o seu colega arruaceiro Ricardo Quaresma.

Pode ser que o Benfica tenha quebrado o feitiço do apito. Mas também isso é natural, quando somos muito fortes, somos muito, muito fortes e contra isso não há argumentos arbitrais.

2 pensamentos sobre “UM BENFICA COM MÍSTICA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s